Siga-nos

Perfil

Expresso

A musa mecânica

  • 333

Em 1987, Hugh Kenner (1923-2003), então professor de literatura inglesa na Universidade de Johns Hopkins, publicou um livro luminoso a que deu o título “A Musa Mecânica”. Foi assim que comecei a perceber a influência da máquina na maneira de pensar e de escrever, isto é, na literatura. Do despertador e da máquina de escrever ao órgão de linótipos; da rádio e telefone ao automóvel e à rede de metro suburbano. 

Para continuar a ler o artigo, clique  AQUI