Siga-nos

Perfil

Expresso

João Vieira Pereira

Está tudo louco ou Sócrates tinha razão?

  • 333
As duas coisas. A taxa de juro da dívida portuguesa depende da procura. Quanto maior a apetência pelas obrigações menor a yield implícita. Em 2011, quando estourou a crise da dívida, Sócrates tinha um computador instalado em São Bento apenas para seguir os níveis da taxa de juro. Mas por mais que olhasse para ele o movimento era sempre o mesmo. Para cima. Os investidores estavam a largar as obrigações portuguesas fazendo o preço cair e os juros disparar.   

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI.