Siga-nos

Perfil

Expresso

Centeno 2.0

A versão Mário Centeno 2.0, revista e melhorada, foi a Bruxelas com o rei na barriga e um défice de 2,3% debaixo do braço. A imagem meio goofy do ministro das Finanças mandou calar os seus colegas do Eurogrupo, pediu para terem juízo e pensarem duas vezes quando se trata de falar sobre Portugal. Não era para menos. Há um ano Centeno tinha sido massacrado ao apresentar a primeira versão do Orçamento. Depois da chuva de críticas, foi obrigado a rever em baixa o défice que apresentou e a pensar numa nova estratégia.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)