Siga-nos

Perfil

Expresso

Quem diria que Costa era amigo de Salgado

Queria esquecer este assunto, mas António Costa não deixa. As trapalhadas com os lesados do Grupo Espírito Santo (GES) são um assalto aos cofres públicos e uma violação grosseira do estado de Direito em Portugal. Engendrado por um primeiro-ministro. Para pagar uma promessa eleitoral.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)