Siga-nos

Perfil

Expresso

Os marimbamos

Há exatamente seis anos, Pedro Nuno Santos dificilmente imaginaria que hoje seria membro de um Governo do PS apoiado pelo PCP e pelo Bloco. Se o soubesse talvez não tivesse gritado que se “estava a marimbar” (sic) para os bancos que nos emprestaram dinheiro. Ou que se estava a marimbar para que nos chamem de irresponsáveis. Talvez não tivesse ameaçado que temos uma bomba atómica nas mãos pronta para usar na cara de alemães e franceses: “Ou os senhores se põem finos ou não pagamos”. Ou talvez o tivesse dito à mesma. Até porque o não pagamos começa a ganhar cada vez mais adeptos.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)