Siga-nos

Perfil

Expresso

Nem-nem-nem

Correndo o risco que é falar sobre os possíveis tormentos que os pais sofrem em relação à vida dos filhos — atividade hoje em dia propensa a bullying cibernético nas redes sociais —, aventuro-me a dizer que ter um filho ‘nem-nem’ deve ser um desgosto para qualquer pai.
Com mais de 5 milhões de pessoas no mercado de trabalho, há mais de 300 mil jovens que não estudam nem trabalham. E entre estes há 136 mil que, além disso, nem procuram emprego há mais de um ano.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)