Siga-nos

Perfil

Expresso

O pior 
da Justiça

  • 333

Não tenho dúvidas que o jornalismo é, e deve ser, contrapoder. Está-nos reservado um papel fundamental de denúncia das mais variadas situações. Há imensos exemplos de casos onde a comunicação social teve um papel fundamental para que houvesse um verdadeiro escrutínio da verdade. Mas este poder não pode ser confundido com outros muito mais importantes na sociedade, como, por exemplo, o da Justiça.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)