Siga-nos

Perfil

Expresso

O país da dívida

  • 333

A história económica portuguesa recente resume-se numa única palavra: dívida. Primeiro, veio o dinheiro fácil da então CEE. Dinheiro que usámos, gastámos e desbaratámos como crianças a quem se dá um brinquedo novo há muito esperado. Depois, veio o euro e a queda abrupta das taxas de juro. Aproveitámos então para entrar na estrada do endividamento. Uma estrada que parecia não ter fim. Passámos todas as fronteiras admissíveis. Começou pelo Estado, seguido pelas famílias e as empresas. Mesmo após mais um resgate, somos uma das economias do mundo mais endividadas. Se somarmos a dívida do Estado à das famílias e das empresas chegamos a este belo número: 710 mil milhões de euros. Vamos lá colocar isto em numeral para conseguirmos perceber a real dimensão — €710 000 000 000. Isto quando o nosso PIB é de €180 000 000 000.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)