Siga-nos

Perfil

Expresso

Está na hora

  • 333

Banco, banca, banqueiro. Nenhuma destas três palavras rima com sucesso. Muito menos em Portugal. Aquilo que parecia ser um sonho no início deste século transformou-se numa triste história de falta de capital, estratégias comerciais erradas, crédito concedido por tudo e por nada e rentabilidades miseráveis.

para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)