Siga-nos

Perfil

Expresso

Marco Pannella (1930-2016)

  • 333

Marco Pannella (baptizado Giacinto, cedo preferiu Marco à escolha do pai italiano e da mãe suíça, e Marco ficou) que dois cancros — no pulmão e no fígado — diagnosticados tarde enfraqueceram ao ponto do médico entender não o dever deixar em casa, internando-o na quarta-feira da semana passada, dia 18, no hospital romano onde viria a morrer no dia seguinte, levando a explosão imediata e ecuménica de elogios que soaram sinceros e espontâneos, vindos desde o primeiro ministro socialista Matteo Renzi — “É um grande chefe que nos deixa: queria em meu nome e em nome do meu Governo e da força política que represento render uma imensa homenagem à vida deste combatente pela liberdade, a este leão”.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)