Siga-nos

Perfil

Expresso

Leila Alaoui (1982-216)

  • 333

Leila Alaoui, 33 anos, fotógrafa internacional reputada, filha de mãe francesa e pai marroquino, que sexta-feira passada fora submetida a operação de seis horas em Ouagadougou, capital do Burkina-Faso (dantes Alto-Volta) depois de, na esplanada do Café Capuccino, haver sido atingida num pulmão, num rim, no ventre, num braço e numa perna por rajadas de Kalashnikov disparadas por militantes da Al-Qaeda do Magrebe Islâmico (a qual, chefiada pelo argelino Belmokhtar, disputa comando e controlo do terrorismo da região ao Estado Islâmico chefiado pelo iraquiano Al-Baghdadi) visando estrangeiros, quase todos brancos, clientes do café ou do hotel de luxo Splendid do outro lado da rua principal do burgo (mataram 30 pessoas e feriram mais de 100).

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI