Siga-nos

Perfil

Expresso

Egon Bahr (1922 - 2015)

  • 333

Egon Karlheinz Bahr que morreu em casa de ataque de coração na madrugada de 20 de Agosto e cuja morte foi anunciada pelo chefe dos sociais-democratas alemães Sigmar Gabriel, vice-chanceler da coligação que governa o país, que afirmou que “o trabalho de Egon Bahr pela Alemanha e pela Europa ganhou significado histórico ainda durante a sua vida”, enquanto a chanceler Angela Merkel se limitou a enumerar os postos que Bahr ocupara, acrescentando que seria lembrado como um político que marcara a sua época, foi um patriota (Kissinger considerava-o um nacionalista alemão à moda antiga, reconhecendo não conhecer político com melhor capacidade analítica) criador intelectual da Ostpolitik identificada com Willy Brandt, presidente da Câmara de Berlim Ocidental, depois ministro dos Negócios Estrangeiros e a seguir chanceler da Alemanha Federal (demitindo-se em 1974 ao descobrir-se que o seu secretário pessoal era há décadas espião da República Democrática Alemã) mas concebida por Bahr que lhe chamara “mudança pelo contacto”.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI