Siga-nos

Perfil

Expresso

Khaled al-Asaad (1932-2015)

  • 333

Khaled al-Asaad, que no passado dia 18 de Agosto foi decapitado por militantes do califado ou Estado Islâmico do Iraque e da Síria perante dezenas de pessoas diante do Museu Arqueológico que dirigira na cidade moderna, sendo depois o seu corpo levado e pendurado de uma das colunas da praça principal das ruínas históricas de Palmira, com a cabeça pousada no chão, debaixo do resto do cadáver, de cara virada para quem por lá passasse para servir de exemplo, após um mês de tortura a que o submeteram por se ter recusado a dizer aos seus captores onde mandara esconder muitas estátuas e outras preciosidades do acervo do lugar.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI