Siga-nos

Perfil

Expresso

Martin Cole (1931 - 2015)

  • 333

Martin John Cole, que morreu no passado dia 2 do corrente e nascera a um casal de classe média do Norte de Londres (o pai era funcionário do Banco de Inglaterra), sem meios suficientes nem ligações familiares que lhes houvessem permitido mandar o filho para colégio interno privado — chamadas no Reino Unido, public schools — como era e é ainda a ambição convencional apesar da generalização do ensino secundário público a partir do fim da II Guerra Mundial (até porque, neste ano da graça de 2015, o primeiro-ministro do Reino Unido, o número dois do Governo e ministro das Finanças, o presidente da Câmara de Londres, e o arcebispo de Cantuária andaram os quatro em Eton, a mais famosa de todas as public schools) e o fizeram educar num bom liceu público — Enfield Grammar School — onde obteve bolsa de estudos para a Universidade de Southampton, onde se licenciou em botânica com a mais alta classificação.


Para continuar a ler o artigo, clique AQUI