Siga-nos

Perfil

Expresso

O futuro é o golpe do Facebook

Não gosto de fazer previsões, sobretudo porque levo em conta a conhecida história da bosta de cavalo em Nova Iorque e em Londres (que determinava o número máximo de pessoas e de cavalos, o meio de locomoção e de tração de transportes públicos por excelência, que a cidade aguentaria para não ser inundada com metros de imundície). O azar destas previsões foi que foram feitas pouco antes de aparecer o automóvel, que trouxe outro tipo de poluição, talvez mais prejudicial, mas menos agressiva.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)