Siga-nos

Perfil

Expresso

Lembrar Dilma e Merkel

  • 333

Lembro-me de todos, ou quase (e falo dos mais velhos), acharmos que a chegada das mulheres à política traria diferenças substanciais. Na verdade, algumas trouxe, mas não me lembro de nenhuma que seja verdadeiramente substancial. Merkel, na Alemanha, ou Dilma, no Brasil, porventura as líderes de países com dimensão e poder mundial, não mostraram essas diferenças. Como Hillary, caso ganhe nos EUA, não será nenhuma revolução (também me lembro de se falar de um Presidente negro em Washington como se tal correspondesse a um mundo novo, e a passagem de Obama, sendo um marco, não foi nada do que então se previa).

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI