Siga-nos

Perfil

Expresso

Liberdade de voto e expressão

  • 333

O Parlamento britânico teve esta semana de tomar uma decisão difícil: atacar ou não o Daesh. Decidiu pelo sim com 397 votos a favor e 223 contra. O mais interessante é que sete deputados conservadores votaram contra a posição de Cameron (de atacar) e 66 deputados do Labour contra a posição do seu líder, Jeremy Corbyn, que se opunha. Isto além de outros votos contra como muitos do Partido Nacionalista Escocês ou dos Verdes, e de alguma divisão dos Lib-Dem.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI