Siga-nos

Perfil

Expresso

O sistema por outros meios

Donald Trump dirigiu-se a quem estava em perda: o trabalhador que sente na pele os efeitos da crise de 2008 e de uma globalização sem almofadas sociais. Podia dirigir-se a todos os trabalhadores, mas o seu discurso precisava da mais velha forma de garantir que os fracos só se viram contra os mais fracos: o ataque às minorias. A ansiedade de muitos norte-americanos com um processo de globalização que não os inclui e que os levou a este voto é racional e legítima. Não resulta de ignorância, como insinua quem, repetindo as análises ao ‘Brexit’, usa a categoria de “menos educados” para descrever operários e outros assalariados.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)