Siga-nos

Perfil

Expresso

Daniel Oliveira

Os invisíveis

  • 333

Um estudo sobre a desigualdade, realizado por uma equipa do ISEG e tornado público na última semana, desfez o mito: a principal vítima da austeridade não foi a classe média, foram os mais pobres. Só nos espantamos porque, apesar de serem muitos, os pobres são invisíveis em Portugal. E graças a essa invisibilidade conseguiu-se vender a ideia de que estariam a ser poupados. Entre 2009 e 2014, o rendimento médio disponível por adulto passou de 11.383 euros anuais para 9996.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)