Siga-nos

Perfil

Expresso

Para lá de Clint

  • 333

Para choque de muitos dos seus maiores admiradores, e eu estou na primeira fila, Clint Eastwood tornou público o seu apoio a Donald Trump. Não choca o apoio a um republicano. Clint é uma ave rara em Hollywood. O que espanta é a imbecilidade dos argumentos para apoiar um imbecil: “Esta é uma geração de pussys. Vemos pessoas a acusarem outras de serem racistas. Quando eu era pequeno, estas coisas não eram consideradas racismo. Esta é mesmo uma geração de merda, toda a gente anda com paninhos quentes.” É bom recordar que quando Clint era pequeno ainda havia segregação racial em vários estados dos EUA.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)