Siga-nos

Perfil

Expresso

Nada 
se perde

  • 333

São extraordinárias as oportunidades que a crise financeira ofereceu aos que foram responsáveis por ela. Não é apenas a especulação com as dívidas soberanas, que cresceram enquanto se salvavam os bancos com dinheiros públicos. Um novo e apetecível mercado está no negócio de acudir as vítimas da crise social. No capitalismo financeiro, nada se perde, tudo se transforma em dinheiro. O negócio ainda dá os primeiros passos. 


Para continuar a ler o artigo, clique AQUI