Siga-nos

Perfil

Expresso

O capital tem pátria

  • 333

Em Portugal, como em qualquer país, há os que poupam e os que investem. É indispensável que se encontrem: os primeiros financiam os segundos. Em alguns países (Estados Unidos, Inglaterra) o encontro dá-se sem grande intermediação, no mercado de capitais. Noutros países (Europa Continental, Japão), a banca intermedeia a relação, emprestando às empresas as somas depositadas por quem poupou. É também o caso, em Portugal.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI