Siga-nos

Perfil

Expresso

A Grécia e nós, os contribuintes

  • 333

Não há atividade humana que não envolva razão e emoção. Na política, sobretudo quando mediatizada, prepondera a emoção. Pede-se “instinto matador”. Vem tudo isto a propósito da Grécia e dos contribuintes dos outros Estados-membros da UE. Diz-se que os resgates e os perdões de dívida à Grécia são pagos pelos contribuintes dos outros países. Em debate televisivo recente, António Filipe, deputado do PCP, ironizava: “Se, quem paga, são os contribuintes, quero ver quanto é que o Estado português me vai devolver se, um dia, os gregos vierem a pagar as suas dívidas...” Primário, sempre, de um lado e de outro, com mais ou menos humor. Entendamo-nos.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI