Siga-nos

Perfil

Expresso

Comunismo Chanel

  • 333

Já vi isto antes. Quando o primeiro McDonalds abriu em Moscovo durante a perestroika, vi formarem-se filas de quilómetros. Os russos guardavam as caixas gordurentas dos hamburgers como recordação. Levavam-nas para casa. Vi Gorbatchov a fazer um anúncio da Pizza Hut. E quando o comunismo tinha sido substituído pelo putinismo, vi Gorbatchov fazer um anúncio para as malas Louis Vuitton. Chegou a vez de Cuba.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)