Siga-nos

Perfil

Expresso

Paris depois dos atentados

  • 333

O teatro estava cheio. Era sexta-feira. Uns dias antes teria estado vazio. Em Paris, agora, diz-se “depois dos atentados”. Termina-se uma frase com “antes dos atentados” ou “depois dos atentados”. Antes dos atentados, diz-me uma das atrizes da peça, minha amiga, estava sempre cheio. A peça fechará mais cedo. Uma comédia de boulevard, muito francesa, bem humorada, bem escrita, leve como uma penugem. Bem desempenhada. O ator principal era uma vedeta da canção francesa, Michel Sardou.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI