Siga-nos

Perfil

Expresso

A mana vendeu a TAP

  • 333

Os dois cavalheiros mediram-se mutuamente do alto do seu metro e meio. Mediram-se com açúcar e afeto, depois do embate das Quatro Assoalhadas Advogados com a Abriu Advogados. Caramba, ganhou o melhor. Fonte presente na reunião disse ao jornalista: ele era o brilhozinho nos olhos, ele era a paixão, o entusiasmo, a estrutura, ele era tudo. O Nihilman é tudo menos nihil. É um man, disse a fonte um tudo nada azougada com a recordação da venda da companhia-traço-bandeira. O man já tinha todas as “Histórias de Portugal” em vários volumes, do Oliveira Martins ao Mattoso, do Alexandre Herculano ao Magalhães Godinho, do Rui Ramos ao Fernando Rosas. 


Para continuar a ler o artigo, clique AQUI