Siga-nos

Perfil

Expresso

O potencial da língua que maltratamos

  • 333

Uma conferência sobre os 30 anos da língua portuguesa na União Europeia, que esta semana decorreu em Lisboa, não mereceu atenção da imprensa diária, que por acaso precisa dessa matéria-prima para trabalhar. Mas isto é apenas o corolário da falta de estratégia a que nos últimos 40 anos os sucessivos governos têm votado o português. Os números são incontornáveis. Segundo o estudo “Potencial económico da língua portuguesa”, os 250 milhões de falantes representam cerca de 3,7% da população mundial e detém 4% da riqueza global; os oito países de língua oficial portuguesa dispõem todos de amplas plataformas marítimas; e a língua portuguesa é a quarta mais falada do mundo e regista uma das taxas de crescimento mais elevadas na internet (5ª língua mais usada), nas redes sociais (3ª língua mais usada no Facebook) e na aprendizagem como língua estrangeira.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)