Siga-nos

Perfil

Expresso

Timo Soini destruiu o discurso austeritário

  • 333

O homem é conhecido por “urso da Finlândia”, defende há muito a saída da Grécia do euro e em 2011 manifestou-se contra o programa de assistência europeia a Portugal. Nessa altura, Timo Soini, o presidente dos Verdadeiros Finlandeses, juntou-se ao coro dos que apontavam a indisciplina financeira dos países do sul da Europa como a razão principal das suas dificuldades e da crise das dívidas soberanas. Como a narrativa tinha a sua origem na Alemanha e era apoiada pela Áustria, Bélgica, Finlândia e alguns países de Leste, tornou-se o discurso oficial sobre a crise.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)