Siga-nos

Perfil

Expresso

É errado atacar o governador

  • 333

O primeiro-ministro criticou publicamente o Banco de Portugal, dando a entender que o governador Carlos Costa está a travar uma solução para os lesados do BES. As evidências mostram que António Costa tem toda a razão. Apesar de várias propostas feitas pela CMVM no sentido de resolver o problema (quando no início do processo o banco central chegou a dar a garantia aos investidores em papel comercial do GES de que tinham as suas poupanças a salvo), o certo é que o Banco de Portugal nunca as aceitou, passando depois a recusar definitivamente que qualquer dessas aplicações fosse saldada pelo Novo Banco. Compreende-se: estando o Novo Banco em processo de venda, tudo o que sejam responsabilidades passadas retira-lhe valor. Além disso, cada dia que passa é pior para o valor do Novo Banco. Por isso, o que o Banco de Portugal quer é concluir o mais depressa possível a venda da instituição — e acolher as pretensões dos lesados do BES/GES seria contribuir para arrastar o processo, tornar o seu desfecho mais incerto e o valor menor.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI