Siga-nos

Perfil

Expresso

O modelo 
dos call centers

  • 333

Ganhe quem ganhar as eleições deste fim de semana, a 5 de outubro temos de começar a discutir que modelo económico queremos para Portugal. É que não basta dizer em discursos que o modelo assente em baixos salários está esgotado. O que assistimos nestes quatro anos foi precisamente ao regresso em força do modelo económico assente nos baixos salários, na precariedade, no recurso extensivo a contratados a recibos verdes, na fragilização dos vínculos laborais, no enfraquecimento da contratação coletiva, na facilitação e na diminuição das indemnizações por despedimento. São sinais mais que evidentes que, na área laboral, retrocedemos mais de duas décadas nos últimos quatro anos e que os direitos dos trabalhadores foram devastados.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI