Siga-nos

Perfil

Expresso

Pagai os impostos, que a Pátria vos contempla, tentando zelar pelo vosso género, sexo e tudo

Portugal é, meus caros amigos, o primeiro e talvez o único país do mundo que nada pede aos seus concidadãos, salvo aquela coisa com que se compram os melões. O carcanhol, estão a ver? Portugal, meus adorados concidadãos, é um Estado absolutamente neutral em todos os aspetos da vossa vida, desde que contribuam para a grande causa que é... Portugal! E contribuir para quê? — perguntais vós, que sois no geral pobres e sempre mal-agradecidos. Ora bem, só não vê quem não quer! Portugal tem tido, nos últimos tempos, duas missões incontornáveis que tem levado a bom porto com grande rigor e determinação:

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)