Siga-nos

Perfil

Expresso

Um PCP domesticado e submisso, eis o resultado do desvio 
de direita dos traidores

Eu, que sou comunista desde o tempo da Maria Cachucha — para o caso de não saberem foi esta revolucionária que trouxe para Portugal os ideais de Lenine, depois de ele ter escrito as “Teses de Abril”, que aliás servem para qualquer mês —, estou em Almada para defender o verdadeiro comunismo e não esta geringonça em que se apoia o Governo de Portugal, que, com a colaboração dos radicais pequeno-burgueses de fachada socialista, ou seja, o Bloco, e muito infelizmente com a colaboração do Partido Comunista Português, também conhecido pelo singelo nome de Partido, nos tem governado.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)