Siga-nos

Perfil

Expresso

Isto anda tudo empatado e 
a coisa assim não agrada nada a ninguém, não é verdade?

  • 333

Encontrei o meu querido amigo António Costa e cumprimentei-o muito bem, mas ele pareceu-me ter várias preocupações. Confesso que, de tudo o que ele disse, apenas retive duas palavras: ‘descolar’ e ‘Sócrates’. Fiquei sem saber se ele queria andar de avião a ler as obras em que Platão fala do mestre, ou se pretendia que Sócrates descolasse dele, ou se queria descolar nas sondagens e o Sócrates não o deixava. Mas percebi que o assunto era sério e tentei reconfortá-lo com umas palavras amenas:
— Deixa lá, agora vais de férias e descansas a cabeça...


Para continuar a ler o artigo, clique AQUI