Siga-nos

Perfil

Expresso

A política monetária dos EUA é feita na China?

  • 333

Amesterdão — Durante grande parte do ano, os investidores fixaram-se em saber quando é que a Reserva Federal dos EUA (Fed) irá conseguir “descolar” — isto é, quando é que irá subir as taxas de juros em 25 pontos-base, ou 0,25%, como um primeiro passo rumo à normalização das condições monetárias. Os mercados subiram e caíram em resposta às pequenas alterações nas declarações da Fed, deduzindo que iriam afetar a probabilidade de a descolagem estar iminente.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI