Siga-nos

Perfil

Expresso

China, o participante responsável

  • 333

TÓQUIO — Quem for à Ásia ouvirá um coro crescente de preocupação de que a China esteja a construir uma esfera de influência na região. O Banco Asiático de Investimento em Infraestruturas (AIIB, na sigla em inglês), em relação ao qual o Governo [de Pequim] está preparado para assumir uma participação de 30%, destina-se a promover o investimento estrangeiro chinês. Além disso, a iniciativa da China ‘Uma Cintura, Uma Rota’ visa a construção de uma Cintura Económica da Rota da Seda que abrange a Ásia Central e de uma Rota da Seda Marítima que liga a China ao Sudeste Asiático, ao Oceano Índico, ao Médio Oriente, e, por fim, à Europa.


Para continuar a ler o artigo, clique AQUI