Siga-nos

Perfil

Expresso

Dos afectos ou dos afetos?

  • 333

Ao escrever recentemente neste jornal um artigo de acordo com a “grafia antiga” — designação que mais depressa nos remete para “pharmacias” e “Occidental prayas” do que para coisas simples como “Egipto” ou “óptica” — o novo Presidente da República terá criado expetativas — ou “expectativas” segundo mais lhe aprovaria decerto (e a mim também) — aos opositores do chamado Acordo Ortográfico. Todos se lembrarão que o dito foi imposto por decreto e depois à martelada, tendo sido o decreto aprovado pela Assembleia da República e quanto à martelada é até hoje, agiganta-se diariamente a asneira, torna-se corriqueiro o que até há tempos recentes se chamava erros ou calinadas.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI