Siga-nos

Perfil

Expresso

Bento

  • 333

Porque só morre quem quer...”, escreveu Vergílio Ferreira, que teria feito 100 anos a 28 de janeiro. Li a frase pela primeira vez há muito tempo. Jovem, a morte assustava-me. Como qualquer jovem, era-me difícil imaginar o mundo sem mim: era isso a morte, a minha ausência do mundo. Depois crescemos, com sorte envelhecemos e percebemos que o mundo sem nós é uma bagatela.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI