Siga-nos

Perfil

Expresso

O novo pedigree

  • 333

Assim como é errado atribuir a Brecht o poema “Primeiro levaram os comunistas, e eu não protestei/ Porque não era comunista/ (...) Depois levaram os judeus, e eu não protestei/ Porque não era judeu/ Depois levaram-me a mim — e não restava ninguém para protestar”, também a frase “Sempre que ouço falar de cultura, desengatilho a minha Browning” não é de Goebbels. O poema foi escrito pelo pastor luterano Martin Niemöller e a frase, normalmente atribuída ao ministro da Propaganda do III Reich, é do dramaturgo nazi Hanns Johst e aparece em “Schlageter”, uma peça de 1933.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI