Siga-nos

Perfil

Expresso

José Gameiro

José Gameiro

José Gameiro

Psiquiatra e piloto

Onde é que eu a levo?

Não sei bem porquê, sempre gostei de coisas suaves, discretas, podem ser fortes, mas apenas com repercussão interior, sem manifestações exteriores de alegria, tristeza, zanga ou raiva. Sempre me irritaram aquelas pessoas que riem por tudo e por nada, ou que choram porque o comboio chegou atrasado. A vida é para ser vivida intensamente, mas sem que os outros se apercebam de tudo o que nos cala fundo. Eu sei que cada vez é mais difícil manter esta discrição emocional, agora tudo é público e em direto...

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)