Siga-nos

Perfil

Expresso

José Gameiro

José Gameiro

José Gameiro

Psiquiatra e piloto

Tive vergonha

Não queria acreditar no que estava a ler, ainda pensei que era uma mentira do primeiro de abril, mas estávamos já em finais de novembro, próximo do Natal. A minha Ordem profissional, sim a Ordem dos Médicos, publicou um comunicado alertando os seus membros para não aceitarem jantares de Natal, oferecidos pela indústria farmacêutica. Primeiro pensei, ao que isto chegou, a pressão gastronómica sobre os médicos deve estar a atingir níveis muito altos, mas, quase ao mesmo tempo, lembrei-me que era a primeira vez que era tão direta num assunto, em que a grande parte dos dirigentes da Ordem evitam falar e tomar posição.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)