Siga-nos

Perfil

Expresso

José Gameiro

José Gameiro

José Gameiro

Psiquiatra e piloto

A missa

  • 333

Não sou católico nem professo qualquer outra religião, sou agnóstico, mas tenho pena... Como quase todos os portugueses da minha geração fui criado num culto religioso, que era quase tão natural como comer e beber. Os poucos professores que no liceu nos ouviam e nos permitiam falar eram padres, com a exceção de Vergílio Ferreira, que dava a cara pela defesa dos alunos. Depois, veio a juventude e acabou-se; foi um problema ao início, deixou de ser com a vida adulta.
 

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI