Siga-nos

Perfil

Expresso

Um passo em frente para a dívida soberana

  • 333

Nova Iorque — Todos os países avançados têm legislação sobre falências, mas não existe um enquadramento equivalente para mutuários soberanos. Este vazio legal tem importância porque, como se vê agora na Grécia e em Porto Rico, pode sugar a vida às economias. Em setembro, as Nações Unidas deram um grande passo no sentido de preencher esse vazio, aprovando um conjunto de nove princípios para a reestruturação da dívida soberana.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI