Siga-nos

Perfil

Expresso

Faltas justificadas

É um aborrecimento. Ninguém quer ir abrilhantar a cerimónia de inauguração da presidência de Donald Trump. Elton John escusou-se alegando que é inglês, não tem nada a ver com a política norte-americana, não joga na equipa dos republicanos e já tinha, aliás, protestado contra a utilização da sua canção ‘Rocket Man’ na campanha eleitoral. Com justificações várias, outras vedetas nem sequer particularmente politizadas ou militantes — Celine Dion, Andrea Bocelli, Garth Brooks — pediram dispensa.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)