Siga-nos

Perfil

Expresso

Burn punk London

A 7 de junho de 1977, coincidindo com a publicação de ‘God Save the Queen’ (“God save the queen, she ain’t no human being, there is no future and England’s dreaming”) e com a celebração do Jubileu de Prata da rainha Isabel, Malcolm McLaren e os Sex Pistols fretaram um barco que navegou pelo Tamisa e no qual, frente ao Parlamento, a banda se lançou numa interpretação sísmica de ‘Anarchy in the U.K.’. Exatamente 40 anos após o lançamento de ‘Anarchy...’ (a 26 de novembro de 1976), Joseph Corré, filho de McLaren e Vivienne Westwood, cumprindo a promessa que havia feito em março passado, a bordo de um outro barco, perto da Albert Bridge, em Chelsea, lançou fogo a uma arca de memorabilia punk avaliada em cerca de 5 milhões de libras.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)