Siga-nos

Perfil

Expresso

Os acionistas militantes pós-marxistas

O“Financial Times” está preocupado com estas evocações marxistas, ele são livros, ele são aniversários, ele são contas, e deitou-se ao trabalho. Decidiu recuperar as ideias aproveitáveis do “Manifesto Comunista” e empurrar o resto para o lixo, encarregando dois especialistas de apresentarem o mapa do tesouro: Rupert Younger, diretor do centro de investigação na Universidade de Oxford sobre “reputação empresarial”, e Frank Partnoy, professor de Direito que chegou agora à Universidade de Berkeley. Explicam eles: “Somos verdadeiros crentes no capitalismo de mercado livre, dificilmente seríamos comunistas tardios, muito menos discípulos de Marx e Engels.” Estamos tranquilos.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)