Siga-nos

Perfil

Expresso

V. Exa. é arguido?

José antónio Rodrigues

Vão fazendo as contas comigo, mas não se percam. Temos, neste momento, sob suspeita, indiciados, arguidos e acusados de crimes como peculato, tráfico de influências, recebimento indevido de vantagem, corrupção, branqueamento de capitais, corrupção, fraude fiscal e diversos outros, mais ou menos graves, os seguintes cidadãos: Mário Centeno, ministro das Finanças, presidente do Eurogrupo; Rui Rangel juiz do Tribunal da Relação; Fátima Galante. juíza do Tribunal da Relação e ex-mulher de Rangel; Orlando Figueira, ex-Procurador da República; Luís Filipe Vieira, presidente do SLB; Bruno de Carvalho, presidente do SCP; José Veiga, empresário de futebol; José Conde Rodrigues, ex-secretário de Estado; José Magalhães, ex-secretário de Estado; Paulo Santana Lopes, advogado e irmão do Pedro; Tiago Vieira, empresário, filho do Luís Filipe; Manuel Damásio, ex-presidente do Benfica; Maria de Jesus Barbosa, advogada; Santos Martins, advogado; o filho de Santos Martins, de 23 anos, cujo nome escapou; Paulo Branco, advogado; um oficial de Justiça não identificado; e isto para não falar daqueles que já sabemos: os SSZG (Sócrates, Salgado, Zeinal, Granadeiro) os OC e companhia (Oliveira Costa e caso BPN); os JR e companhia (João Rendeiro e caso BPP) e por aí fora.

Se acaso o leitor é visado num destes processos e o seu nome não consta, peço desde já desculpa. Não foi com má intenção, mas também não foi com boa. Penso que, subitamente, Portugal olhou-se e viu que eram todos mais ou menos suspeitos. E que todos nós (ou quase) temos amigos nesta condição suspeitosa.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)