Siga-nos

Perfil

Expresso

Vergonha

A saída de capitais do país para paraísos fiscais não é uma novidade. Contudo, a ocultação dessa realidade por parte das autoridades já é surpreendente. Foi o que aconteceu entre 2011 e 2014, num montante de quase 10 mil milhões de euros, e não parece aceitável que o ex-secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Paulo Núncio, venha responsabilizar a Autoridade Tributária pela não divulgação estatística dessas operações, porque, em última instância, era ele que tinha de dar luz verde para isso acontecer.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)