Siga-nos

Perfil

Expresso

No meio não está a virtude

Ao fim de dois anos de Governo, acabou um ano de estado de graça. Entre dois verões, António Costa deixou para trás o ceticismo sobre a solução de governo e os problemas bancários, navegou sobre as boas notícias económicas, viu o PSD autodizimar-se e controlou a relação com a esquerda. Estava tudo impecável. Depois veio o fogo.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)