Siga-nos

Perfil

Expresso

Esta vida de...

... de “bancos sólidos” que “cumprem rácios” mas descobrem “imparidades”, pelo que precisam de “processos de recapitalização” que “não vão custar nada aos contribuintes” até ao dia em que afinal vão. Foi assim no Banif, é assim na Caixa, será assim no Novo Banco, o tal “banco bom” que já vazou quase oito mil milhões de euros (4,9 do Fundo de Resolução com empréstimo do Estado, dois de obrigacionistas seniores, quase um da Goldman Sachs). Agora, para vender, é preciso pagar. Pagar?! Mas como?!

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)