Siga-nos

Perfil

Expresso

Uma agulha num palheiro de fósforos

  • 333

Portugal vive na normalização da loucura. Pagar tantos impostos é a anormalidade a que nos habituámos, loucura é a deficiência endémica (e talvez crónica) de termos tanta dívida mas não crescimento económico. Quando chega o dia 15 de outubro, todos os anos esbracejamos vigorosamente como se há anos não tivéssemos as pernas presas na armadilha. O orçamento ontem apresentado é esse esbracejar. Muda as vírgulas mas não altera o texto. O Governo fez um bom mau orçamento. É mais vistoso do que visível. Tem poucas medidas más e algumas medidas boas mas que são plumas contra o ferro.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)